Publicidade
Cecília, Éder Militão, Karoline Lima (Reprodução/Instagram)
Cecília, Éder Militão, Karoline Lima (Reprodução/Instagram)

Após Éder Militão pedir que Karoline Lima fosse proibida de citar seu nome nas redes sociais e ter seu pedido negado, o jogador de futebol brasileiro decidiu entrar com uma nova ação contra a influenciadora.

Publicidade

Agora, o craque incluiu a filha do ex-casal, Cecília, de quase dois anos, como autora do processo. As informações são da página no Instagram, Gossip do Dia.

Jogador também pede indenização

“ÉDER GABRIEL MILITÃO, vem, por intermédio de seus advogados nos autos da presente ação que move em face de ANNE KAROLINE DE LIMA, aditar a inicial para que conste CECILIA DE LIMA MILITÃO, nascida aos 10 de julho de 2022, SENDO ESTA INCLUÍDA NO POLO ATIVO DA LIDE, representada pelo autor ÉDER GABRIEL MILITÃO”, escreveram os advogados de Militão.

De acordo com a página, a nova ação pede novamente que Karoline não cite o nome dele, mas desta vez ela seria impedida até de expor vídeos e fotografias da filha.

O jogador do Real Madrid também pede que a modelo se retrate publicamente e seja condenada ao pagamento de uma indenização no valor de R$ 20 mil, em favor dele e da menina. A alegação é de que a influenciadora “distorce a realidade”, fazendo ‘campanha’ para prejudicar a imagem dele redes sociais.

Publicidade

Novamente, a juíza negou os pedidos da tutela de urgência realizados, com os mesmos argumentos anteriores, determinando que Karoline Lima seja citada para apresentar defesa.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Publicidade

Uma publicação compartilhada por Eder Gabriel Militao (@edermilitao)

Publicidade