Larissa Manoela reflete sobre privilégios: ''Tudo o que eu construí é fruto do meu trabalho''

Aos 19 anos, atriz fala sobre carreira artística, futura ONG e mansões nos Estados Unidos

Redação Mais Novela Publicado segunda 3 agosto, 2020

Aos 19 anos, atriz fala sobre carreira artística, futura ONG e mansões nos Estados Unidos
Larissa Manoela fala sobre privilégios - Reprodução/Instagram

Em entrevista ao portal Universa, do UOL, a atriz Larissa Manoela falou sobre os namoros, traições, paixão pela Disney e sobre privilégios. Aos 19 anos, artista relembrou os primeiros anos de carreira e os frutos que colheu como estrela do SBT.

"Nunca fiquei distante da minha própria realidade e a das pessoas que não vivem a mesma vida que eu. Sou, sim, uma garota privilegiada e gosto de entender sobre isso, principalmente quando a gente discute o lugar de fala das outras pessoas”, disse Larissa.

Dona de quatro casas — uma no Rio de Janeiro, outra em São Paulo e duas mansões nos EUA —, Larissa afirma ser consciente de seus privilégios. “Hoje, graças a Deus, tudo o que eu construí é fruto do meu trabalho, do meu suor, e do desempenho que meus pais tiveram. Nada cai do céu. As coisas foram acontecendo. Com muito pé no chão a gente foi comprando as casas. Hoje a gente tem aí a nossa casa de São Paulo, tem uma base no Rio e as casas em Orlando que o pessoal sabe."

De acordo com dados publicados pela revista Veja São Paulo em 2017, Larissa acumulava, naquela época, uma fortuna de aproximadamente R$ 3,6 milhões por ano. Para alcançar esses números, a musa contou com a assistência da mãe Silvana, deixou de trabalhar como pedagoga para acompanhá-la, e do pai, Gilberto, que se mudou para São Paulo para ficar mais próximo dos estúdios. Hoje, os pais da musa ainda controlam todos os bens de Larissa, a carreira e a fortuna.

Aos 19 anos, a atriz conta que ainda deseja criar uma ONG com seu nome e que prefere levantar discussões das redes sociais do que ostentar luxos e sua conquista. "Quando a gente fala de dentro para fora, com o coração, é muito mais bonito do que ficar ostentando algo, sabe? Existe uma parte que gosta muito de mostrar. Não que seja ruim, mas há necessidade? Será que não é mais bacana a gente passar outras mensagens, dar preferência a um debate positivo que vai agregar na vida das outras pessoas? Ando bem pensativa em relação a isso”, completou.
 
 

Último acesso: 29 Sep 2020 - 07:16:58 (1058239).