Publicidade
Ludmilla comemora com Di Ferrero – Reprodução

Numa final pra lá de decepcionante, deu um depecionante empate. Ludmilla e Di Ferrero venceram a terceira edição do Show dos Famosos, quadro do Domingão do Faustão, em que artistas homenageiam ídolos da música. A cantora interpretou sua musa máxima, Beyoncé, com o hit Love on Top, e levou três notas 10 dos jurados, Miguel Falabella, Claudia Raia e Bonino, nota 9,9 do auditório e 10 do público de casa, contabilizando 49 pontos. E empatou com Di Ferrero. O cantor homenageou Bon Jovi, com o sucesso Living on Prayer, também tirando três 10 do corpo de jurados, 10 do auditório e 9,9 da galera do sofá. 

Publicidade

O programa começou com apresentações especiais dos semi-finalistas, Danielle Winits, Ceará e Mel Franckowiac. Só depois começou a a disputa de verdade e Diogo Nogueira fez o que todo mundo já esperava: reverenciou o falecido pai, o sambista João Nogueira. Diogo foi muito bem arrancando ótimas notas do público (de casa e do auditório) e dos jurados, que afirmaram terem ficado muito emocionados. Aliás, para uma final os três estavam muito bonzinhos, diferente do que Falabella afirmou, garantindo que estava muito rigoroso. Diogo ficou com o segundo lugar, arrebatando 49,7 pontos. Depois, foi a vez Solange Almeida, que, mais parecida com Elke Maravilha do que com Christina Aguilera, também foi elogiada. Melhor da noite, Hugo Bonemer veio de Freddie Mercury. Apesar de ter desafinado, o ator representou na final do Show dos Famosos toda a essência do programa: realmente mergulhou no corpo e alma no homenageado. Foi uma apresentação eletirzante e o consagrou como o vencedor moral da terceira edição do programa. Aplausos para todos!