Publicidade

Simaria expõe o que sente e detona jeito controlador de Simone

Após polêmica, Simaria abriu o coração ao falar sobre a relação com a família, revelando que se sente controlada

Simaria - Crédito: Reprodução/Instagram
Simaria – Crédito: Reprodução/Instagram

A sertaneja Simaria opinou sobre sua relação com a irmã e parceira de palco, Simone Mendes. Em entrevista ao Domingo Espetacular, na Record TV, gravada antes de anunciar o afastamento dos palcos, a cantora revelou como se sente em relação ao jeito que a tratam, apontando como uma forma controladora.

Publicidade

“Às vezes ficam me controlando. ‘Cala a boca, não fala isso’. Cara, com 40 anos não vou mais me calar, entende? Vou falar o que acho que é certo. Vencemos juntas. Mas não significa que porque vencemos juntas tem que morrer como duplinha, para sempre. Mantendo o respeito, não quebrando a irmandade, vai dar sempre certo”, destacou.

Além disso, ela falou sobre a sua festa de aniversário, que aconteceu dias antes de anunciar a pausa no trabalho, revelando que não esperava receber um presente caro da irmã. “Eu não queria presente de milhões, não. A única coisa que pedi para ela foi para ela cantar uma música comigo. Não quero presente de milhões. O que queria mesmo é só que ela cante a música Amiga, uma composição que eu fiz”, disparou.

Família

Por fim, ela seguiu o desabafo falando que sempre priorizou a família, deixando de lado algumas coisas que queria. Usando o aniversário como exemplo, ela destacou que foi a primeira vez depois de muito tempo que fez algo pensando em si mesma.

“A gente sempre está ajudando os outros. Dá uma casa para um tio, uma roupa para uma mãe, dinheiro, dá tudo na vida para o povo. Quando é hora de se presentear, a gente não tem coragem de dar um presente para nós mesmos. Nunca comemorei uma aniversário. Meu pai morreu faltando cinco dias para eu fazer 10 anos. Daquele momento em diante não tinha mais sentido”, finalizou.

Publicidade

Siga a Mais Novela no Google News e acompanhe nossos destaques