Publicidade

Pedro Bial abre o jogo sobre primeiras edições do BBB: ‘Ninguém acreditava’

Pedro Bial, que comandou o “Big Brother Brasil” por 16 temporadas, contou detalhes dos bastidores das primeiras edições do reality

Pedro Bial - Reprodução/Globo
Pedro Bial – Reprodução/Globo

Pedro Bial comandou o “Big Brother Brasil” pelas primeiras 16 temporadas do reality show da TV Globo. Em entrevista ao Podcast Mamilos, ele contou que a emissora não acreditava muito no sucesso do programa.

Publicidade

Ele também revelou qual é sua edição favorita: “O ‘Big Brother Brasil 10’ foi incrível. Tinham personagens extraordinários e, para mim, foi a melhor edição que eu apresentei… Ele era uma figura muito controversa, porque falava em nome da honra, da hombridade. Era um pouco assustador, com um discurso mais associado, e ganhou”, disse.

“O formato foi disputado pela Globo e pelo SBT. O SBT não pagou e colocou no ar ‘A Casa dos Artistas’, que foi um estrondo. E aí o império contra-atacou. A Globo comprou o formato e precisava de alguém que conduzisse aquela apresentação, alguém que soubesse fazer televisão ao vivo e que pudesse também conversar com as pessoas confinadas”, revelou.

Um fenômeno

“Juro, ninguém acreditava que ia ser esse fenômeno. Eu ouvi da direção em 2002: ‘vamos fazer logo a segunda edição para espremer o bagaço dessa laranja… Só me dei conta que estava vivendo esse fenômeno no ‘BBB5’, que o Jean Wyllys ganhou”, ele revelou.

Publicidade