Publicidade

Luciana Gimenez é vítima de roubo em Londres e se desespera: “Foi horrível”

Curtindo uma viagem pela Europa, Luciana Gimenez acabou sendo roubada e expôs toda a indignação na web

Luciana Gimenez. Reprodução/Instagram
Luciana Gimenez. Reprodução/Instagram

Luciana Gimenez passou por um susto neste sábado, 25/06, ao ser vítima de um roubo em Londres. Nas redes sociais, a apresentadora revelou que se desesperou ao notar o que estava acontecendo e saiu correndo atrás da menina que pegou uma quantia em dinheiro de sua bolsa.

Publicidade

“Pasmem. Saí do Brasil para ser assaltada em Londres. Acabei de ser assaltada. Estava com um dinheiro. O Lucas [Jagger, filho de Luciana] está dizendo que foi um furto, só tiraram o dinheiro da minha bolsa. Eu estava para trocar”, disse.

Na sequência, ela revelou que conseguiu alcançar a suspeita, mas não conseguiu recuperar o dinheiro. “Menina debochada, olhando para a minha cara, debochando da polícia. Um absurdo. Coitados dos policiais de ter que lidar com esse tipo de gente. Eu saí gritando no meio da rua. Eu peguei uma delas, a outra conseguiu escapar”, explicou.

Desabafo de Luciana Gimenez

Na sequência, Luciana seguiu desabafando sobre o ocorrido, destacando o quanto estava revoltada em saber que, por serem menores de idade, as meninas não se importavam por fazer algo fora da lei.

“A gente fica chocada. Me deu uma raiva! Eu falei para ela que deveria pensar em estudar e em viver a vida. A moça da loja me falou que os parentes fazem isso também. Quando essas coisas acontecem com a gente, dá um desespero. E o pior é que a polícia falou que elas têm mais direitos que a gente, porque são menores”, lamentou, chocada.

Publicidade

E completou: “Só porque a menina tem quinze anos de idade, ela tem direitos mais importantes que a gente? Ela roubou o meu dinheiro e o celular de um senhor. A gente fala do Brasil, mas em todos os lugares é igual. É impressionante”.

Por fim, a apresentadora ressaltou que foi levado apenas o dinheiro, mas ainda assim está bastante abalada. “Pelo menos foi só isso, não pegaram meu passaporte e nem celular, mas foi horrível. A gente se sente violada, e as leis estão confusas no mundo inteiro”, concluiu.

Publicidade
Siga a Mais Novela no Google News e acompanhe nossos destaques