Publicidade

Hostilizado, repórter da Globo é atacado ao vivo durante cobertura no RS: ‘Incomodado’

Repórter da Globo, Eduardo Paganella é hostilizado e expulso de abrigo no Rio Grande do Sul; veja vídeo!

Eduardo Paganella, repórter da Globo
Eduardo Paganella, repórter da Globo – Reprodução/ Globo

O repórter Eduardo Paganella foi hostilizado ao vivo neste sábado, 11/05, durante a cobertura das chuvas no Rio Grande do sul. O incidente ocorreu durante o Jornal do Almoço, programa da RBS, afiliada da Globo na região sul.

Publicidade

O jornalista tentava conversar com um voluntário em um abrigo na cidade de Canoas, mas foi interrompido. Algumas pessoas ao fundo da reportagem começaram a gritar “Globo lixo”.

Paganella tentou ignorar o “protesto” e seguiu continuando um funcionário. “É um trabalho muito bonito que está sendo feito por aqui, somente por voluntários, realizando esse trabalho para ajudar os animais que estão numa situação pior”, disse.

Na sequência, a câmera mudou o quadro para mostrar cães que recebiam cuidados dos voluntários, mas um outro homem voltou a gritar “Globo lixo”, e algumas mulheres mostraram fizeram gestos obscenos.

Repórter interrompe gravação

Sem saída, Eduardo Paganella precisou interromper a transmissão ao vivo e deixar o local. “A gente vai organizar aqui melhor e daqui a pouco a gente volta a conversar com o pessoal que está um pouco incomodado com a situação”, declarou.

Publicidade

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Central da Fama (@centraldafama)

Publicidade