Publicidade
Glória Vanique (EDU MORAES/RECORD)
Glória Vanique (EDU MORAES/RECORD)

Glória Vanique participou, na terça-feira, 18, de O Programa de Todos os Programas, com Flávio Ricco e Gabi França. Por lá, a jornalista de 48 anos contou que, em 2020, ela já estava planejando pedir demissão da TV Globo, quando veio o convite da CNN Brasil, onde ficou até 2022.

Publicidade

“Era plena pandemia, mas não foi uma decisão por causa da CNN, foi uma decisão interna. Era uma coisa que eu já vinha trabalhando dentro de mim e eu me lembro de chegar um dia para meu marido e falar: ‘olha, até o final do ano eu saio’. E ele falou: ‘você vai fazer o quê?’, eu respondi: ‘não sei, vou trabalhar no mercado corporativo, mas eu saio’. Dali, mais ou menos um mês e meio, chegou a CNN com um convite”, contou.

Glória tinha outros projetos

“Quando eu saí da Globo à CNN, eu não saí na intenção de fazer um novo momento no jornalismo televisivo. Eu já tinha a intenção de, em paralelo, começar a trabalhar com outras coisas. Então, hoje, eu faço palestras, sou mestre de cerimônias em eventos, trabalho com marcas, faço media training, levando em conta toda bagagem do jornalismo, que foram 30 anos”, completou.

Publicidade