Paulo Gustavo morre aos 42 anos em decorrência da Covid-19

Morte de Paulo Gustavo é confirmada pela família após quase dois meses de internação

Redação Mais Novela Publicado terça 4 maio, 2021

Morte de Paulo Gustavo é confirmada pela família após quase dois meses de internação
Paulo Gustavo - Globo

O ator e humorista Paulo Gustavo faleceu nesta terça-feira, 04/05, às 21h12, após ficar internado por quase dois meses em um hospital no Rio de Janeiro. Aos 42 anos de idade, ele não resistiu às complicações da Covid-19.

"Às 21:12h desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da COVID-19 e suas complicações. Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento. A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos", informou o último boletim médico sobre o artista.

Paulo Gustavo deixou dois filhos, Romeu e Gael, de quase dois anos, e o marido, o dermatologista Thales Bretas. Os dois eram casados desde 2015.

RECORDE A EVOLUÇÃO DO QUADRO DE PAULO GUSTAVO

Paulo Gustavo foi internado no dia 13 de março com sintomas de coronavírus. Pouco tempo depois, no dia 21 de março, ele foi intubado para se recuperar da dificuldade para respirar.

No dia 02 de abril, o humorista teve que passar por um procedimento mais invasivo após sofrer uma piora. Ele foi colocado em terapia por ECMO, que é um pulmão artificial, e sofreu outras complicações, entre elas uma fístula broncopleural, necessidade de transfusão de sangue e hemorragias.

No final de abril, a equipe de Paulo Gustavo anunciou que ele estava apresentando sinais de recuperação, mas ainda estava sedado e com uma pneumonia bacteriana.

Agora, no início de maio, a família dele divulgou um novo boletim médico com a piora do seu estado de saúde. Paulo Gustavo teve um agravamento nos sinais vitais com uma embolia gasosa disseminada, causada por uma fístula bronquíolo-venosa. “Infelizmente, a situação clínica é instável e de extrema gravidade”, informaram.

No final do dia desta terça-feira, 04/05, a família divulgou um boletim médico dizendo que o quadro dele era irreversível, mas o artista ainda tinha sinais vitais. No entanto, durante a noite, ele faleceu. 

Último acesso: 18 Jun 2021 - 18:14:42 (1067572).